sexta-feira, 24 de setembro de 2010

A minha rua.


A minha nova rua na minha nova cidade tem uma carrinha de gelados parada na esquina, com musica e desenhos. E uma casa com anões, gnomos e fadas no jardim. Pode estar a chover, um frio de rachar, podem estar a cair pedras de gelo, granizo, tudo, tudinho, que a rua vai continuar a parecer, a minha rua vai continuar a parecer um conto de fadas.

quinta-feira, 23 de setembro de 2010

Este vestido é a cara da Florence.

Graças a uma amiga que me levou a um concerto sem eu conhecer uma única música, anda na minha playlist Florence and the Machine.
Fosse eu estilista ou tivesse algum jeito para o desenho e não hesitava um segundo a concorrer (e juro que não dizia a ninguém) mas como não faz parte dos meus (muitos) talentos, sugiro que peguem já nas folhas de rascunho e vão "rabiscando" alguma coisinha.


"Florence Welch, vocalista dos Florence + the Machine, a revista norte-americana Luckymag.com e a Talenthouse.com convidam todos os estilistas e designers de moda a criar o fato de cena para o concerto de Florence no Terminal 5, em Nova Iorque, dia 2 de Novembro.
A cantora é bem conhecida pelo seu ecléctico sentido de estilo, usando tanto fatos de cena feitos com roupa comprada em segunda mão como criações específicas para dar corpo à sua personagem.
Qualquer pessoa pode participar neste concurso e o primeiro passo é juntar-se à Talenthouse e seguir as instruções detalhadas.
As propostas serão julgadas por Florence, a sua estilista Aldene Johnson e Andrea Linett, Directora Criativa da Lucky Magazine. O desenho vencedor será transformado no fato de cena de Florence por Aldene Johnson.
Para além disso, o vencedor irá receber 500 dólares, terá transporte pago para Nova Iorque e uma estadia de duas noites no hotel Soho House NY, onde ficará alojado para poder assistir ao concerto. O vencedor irá conhecer pessoalmente Florence e a banda nos bastidores do concerto e receber uma cópia autografada do seu álbum de estreia, «Lungs».
A LuckyMag.com fará um artigo sobre o designer vencedor e incluirá imagens de Florence usando o fato. O vencedor aparecerá também no site e na página do Facebook de Florence.
O vencedor da Escolha do Público (aquele contemplado com mais votos) vai receber uma edição especial de uma caixa de jóias desenhada por Florence e Faye Sawyer.
Esta caixa de jóias irá conter o álbum «Lungs», um envelope com artwork desenhado à mão por Florence e uma carta pessoal igualmente escrita à mão. Os cinco primeiros classificados nesta categoria serão todos referidos em Luckymag.com."

Cinderelas, saiam de casa


e façam favor de ir a correr procurar o sapatinho e comprar uns com 50% de desconto. Ainda por cima não é um sapatinho qualquer, é da Zillian, pois claro.

"Entre os dias 28 de Setembro e 9 de Outubro o par de sapatos perfeito de centenas de mulheres vai estar escondido em locais públicos das cidades de Lisboa e Braga.
Numa campanha original a cadeia de sapatos Zilian vai ocultar em restaurantes, bares, spas, ginásios e cabeleireiros das duas cidades centenas de sapatos da colecção Outono-Inverno 2010.
As mais rápidas a encontrar o sapato escondido, devem dirigir-se às lojas Zilian e levantar o seu par preferido com 50% de desconto. Se o sapato encontrado não for o «par prefeito», as cinderelas poderão sempre trocá-lo por outro tamanho ou modelo.
As moradas dos sítios onde o par perfeito poderá ser encontrado serão disponibilizados diariamente no site da marca e na sua página do Facebook."

Vá, toca a andar, que eu aqui de onde estou não consigo ir a lado nenhum.

quarta-feira, 22 de setembro de 2010

Tudo o que eu queria saber sobre os iões e não tinha coragem de perguntar.

"Uma bugiganga para o século XXI

De acordo com os últimos dados, mais de 20 mil portugueses já adquiriram a milagrosa pulseira que todos os estudos científicos dizem não funcionar. Não admira. De que serve um estudo científico se a pulseira é ainda mais científica? Um dos responsáveis pela distribuição da pulseira em Portugal revelou ao Correio da Manhã que o segredo está nos "dois hologramas quânticos embebidos numa frequência com iões negativos" que vão "estabilizar a nossa frequência". Quando o jornal confrontou um professor de Física da Universidade de Coimbra com esta explicação, aconteceu o habitual: obviamente invejoso por nunca ter embebido hologramas em iões, o professor disse que aquele paleio pseudocientífico não fazia qualquer sentido. Infelizmente, na comunidade científica é sempre assim: bem podem as pulseiras reluzir nas montras, com os hologramas ainda a pingar iões, que haverá sempre alguém a negar que as nossas frequências possam ser estabilizadas pelas frequências quânticas. A desfaçatez!

Dito isto, devo, no entanto, confessar que sou moderadamente cético quanto às capacidades da pulseira. Não digo que a pulseira do equilíbrio não provoque bem-estar. O que digo é que provoca mais em quem a comercializa do que em quem a usa. Creio que, se a pulseira do equilíbrio produzisse, de facto, equilíbrio, assim que o seu proprietário a colocasse no pulso pensaria: "Espera aí, acabei de dar mais de 30 euros por uma argola de borracha. Percebo agora que não foi uma decisão particularmente equilibrada. Vou à loja tentar recuperar o dinheiro." No entanto, é falso que a pulseira não produza qualquer efeito. Quem a usa passa a empenhar-se numa espécie de proselitismo gratuito, informando os amigos dos benefícios de andar com coisas quânticas ao dependuro. E é possível que a energia despendida nesta tarefa produza efeitos saudáveis, uma vez que explicar um processo fantasioso através de palavras que não se compreendem constitui um esforço notável.
Pela minha parte, começo a sentir alguns efeitos da pulseira mesmo não a tendo adquirido. A admiração que tenho pelo fenómeno levou-me a agir de um modo que, segundo creio, não tardará em produzir melhoras na minha qualidade de vida. O meu plano é encomendar 50 mil anilhas para pombos a dez cêntimos cada. Depois, mergulhá-las num caldo de iões tão quânticos quanto me for possível, e vendê-las a 30 euros a unidade sob a designação de "O Anel da Temperança". E, anualmente, renovar o stock de charlatanice quântica com novidades. O Colar da Constância, Os Brincos da Estabilidade e A Gargantilha da Harmonia garantir-me-ão, acredito, negócio para a próxima década. Estejam atentos."

By Ricardo Araújo Pereira in Visão

terça-feira, 21 de setembro de 2010

Nunca é tarde


para aprender a dançar ballet.

domingo, 19 de setembro de 2010

Rir e chorar por mais.


Às vezes, raramente, tenho ataques de riso daqueles que não me deixam respirar e que fazem as lágrimas correr pela cara. Lembro-me de pensar, enquanto tento falar - gosto tanto de chorar a rir.

Federer vs Nadal

sexta-feira, 17 de setembro de 2010

Love

Todos os dias devia haver uma boa história de amor - como esta.


Há qualquer coisa aqui que me faz desejar acreditar em contos de fadas outra vez.







Por Jeannete Woitzik.

segunda-feira, 13 de setembro de 2010

Surprise


Ser surpreendida, mesmo que não seja por ninguém em especial, nem que seja por uma cidade cheia de qualquer coisa, faz o dia ter outro sabor.

quarta-feira, 8 de setembro de 2010

Leaving


As malas cheias de saudades e recordações. A mochila cheia de espaço para o que vier.
Estou de armas e bagagens, de partida.

terça-feira, 7 de setembro de 2010

veneno


Às vezes tenho a sensação que se mordesse a língua morria envenenada.

segunda-feira, 6 de setembro de 2010

Um dia vais dar por ti e já és crescido


Querido bébé,

Vais ver que vai ser dificil crescer, não te iludas. Vais ter muitas discussões, algumas (com sorte poucas) quedas, um ou dois dentes partidos. Vais delirar por um desporto qualquer, ter posters de um mero desportista na parede e vai haver uma fase (oh se vai) em que vais acreditar que és tão crescido que já nem precisas mais de ir à escola. Vais ter um amigo do peito e , por favor, um amigo imaginário que vai ser segredo mas para o qual vais pôr sempre um lugar à mesa. Vai chegar uma altura em que vais jurar a pés juntos que não queres namoradas, nunca, nunca jamais, que elas são uma seca e que estão sempre a choramingar (por favor grava isso para te rires quando estiveres perdido de amores por uma miúda qualquer que te vai dar a volta à cabeça).Vais perceber que bater com as portas é um bom truque para irritar os adultos e para soltar a raiva. Depois vais apanhar a tua primeira bebedeira, um dia, e não vai ser nada fácil na manhã seguinte mas te garanto que vai ser muito divertido na altura. Hás-de ir para a faculdade, aprender umas coisas e fazer umas quantas asneiras. Ou então pode ser que sejas do contra e vires jogador de futebol. Vais-te "armar" em bom para as miúdas e em rebelde para os rapazes.

E depois vai haver uma altura, quando já fores crescido e andares de fato (ou de outra farda qualquer) em que vais perceber que o que era bom era quando eras miúdo e não tinhas nada para fazer a não ser escrever umas composições e ver uns desenhos animados.